Homenagem ao nosso instrutor José Trigueirinho Netto

Home/Textos/Homenagem ao nosso instrutor José Trigueirinho Netto

José Trigueirinho

Hoje uma parte do Coração de Deus se renova e se supera, porque um filho Seu Lhe permitiu renovar-Se, através de sua constante humildade, renúncia e amor.”

São José Castíssimo, 15 de setembro de 2018

15 de setembro de 2018: um dia muito especial para todos nós. Um dia em que temos o desfecho de um ciclo de glória e triunfo. Um dia de alegria e júbilo no Reino Celeste, porque um filho do Altíssimo elevou aos Céus os frutos de uma vida de doação, entrega e amor incondicional em prol da humanidade e dos Reinos da Natureza.

Uma vida em que a renúncia e a humildade foram base para cada ação, cada pensamento e cada sentimento, expressando o amor e a sabedoria daqueles que, em sacrifício, vem em auxílio para guiar com sua instrução esta humanidade.

Cerimônia

Trigueirinho Nosso amado instrutor José Trigueirinho Netto faleceu durante a madrugada de sábado, aos 87 anos de idade. Suas cinzas foram veladas no domingo, 16, em uma cerimônia que durou 12 horas e teve o silêncio como a principal oferta à sua consciência, que tanto apreciava esse atributo. Momentos de música também foram contemplados: o cântico à Fonte Primordial, ABBA, e a apresentação do coro sacro da Ordem Graça Misericórdia – da qual ele é cofundador – engrandeceram a cerimônia, que culminou com a Presença de Cristo Jesus na recepção de Sua mensagem diária. Nosso Senhor prestou homenagem a esse verdadeiro servidor do Plano e nos fez relembrar os cânticos que, juntamente com outras obras de sua autoria, fazem parte do extenso e importante legado que ele deixou para toda a humanidade.

Figueira

Na zona rural da cidade de Carmo da Cachoeira, em Minas Gerais, Brasil, José Trigueirinho fundou a Comunidade-Luz Figueira, onde viveu os últimos 30 anos de sua vida. Anos mais tarde, a comunidade cedeu um espaço para a manifestação do Centro Mariano de Figueira, e a Mãe Divina se apresentou como Nossa Senhora de Figueira, reconhecendo e abençoando o símbolo da Figueira-Mãe, que nutre Seus filhos com os frutos da instrução:

“Salve, Estrela Luz de Figueira, árvore sábia que se permitiu florescer nos corações para que os frutos dos talentos e dons iluminassem os caminhos de Meus filhos. A teus pés, Amada Figueira, encontram-se as raízes das origens da Gênese da Criação e, no mais alto de tua copa florida e resplandecente, pousa hoje Meu Imaculado Coração, revelando a vitória da salvação para todos os corações caídos. Querida Figueira, te chamo estrela porque Deus, o Altíssimo, entregou os frutos a Meus filhos através dos frutos de tua instrução.”

Programação para setembro

Toda a Obra permanecerá de luto e em recolhimento no mês de setembro. A pedido da Divindade, os eventos da Misericórdia Maria TV*, programados para serem transmitidos em setembro, darão lugar para transmissões especiais que farão menção à obra deixada por Trigueirinho.

Hoje, filho, contempla no Universo um céu mais brilhante, porque uma luz retornou para a sua origem, de onde seguirá impulsionando o Projeto humano, porque sua entrega é eterna.

São José Castíssimo, 15 de setembro de 2018

Que neste mês de setembro o silêncio, a quietude e a reflexão possam nos ajudar a viver e a expressar em profundidade tudo aquilo que Trigueirinho nos ofereceu através de sua instrução.

Iniciamos um novo ciclo e  um novo tempo. É tempo de tornar vivo, através de nossas ações, todo o ensinamento oferecido.. É tempo de elevar ao Alto nossa gratidão e reverência ao nosso amado instrutor que, mais do que palavras, ofereceu a todos um exemplo de vida.

Agradecemos as intenções e orações de todos.

*Fazemos referência aos seguintes eventos:

Encontros com o Castíssimo Coração de São José | dia 19
O Sagrado Chamado | dia 21
Música para a Cura e Elevação da Humanidade | dia 23
Vigília de Oração pela Paz nas Nações | dia 24
Aparição da Virgem Maria | dia 25

2018-09-18T09:48:25+00:00