O milagre

Home/Textos/O milagre

O milagre é a penetração do novo na consciência do homem e do planeta. É fruto de uma abertura que não pode ser restringida, e por onde se introduzem energias inusitadas, curadoras. O milagre é a pura materialização da realidade supramental, é o rompimento da ilusão e a retirada dos véus, deixando que a verdade se revele.

O milagre é essa possibilidade plena de uma lei imaterial expressar-se, de um desígnio superior cumprir-se na superfície planetária, onde as leis da vida concreta ainda regem o homem e sua mente racional.

Os milagres são a normalidade de uma vida vinculada ao mundo interno, pois deixa de haver limites entre vontade e manifestação, entre essência e forma. A unificação existente entre as energias que circulam nos níveis internos permite que a vida neles presente seja harmonia em ação e seja também poder criativo e dissipador, pois está além das formas que assume para consumar a obra.

O homem deve permitir que em si brote esse estado de transcendência e de desapego. É preciso que se desligue do transitório e do evanescente, para que a realidade surja, torne-se condutora da vida concreta e possa fazer seu trabalho de unificação de mundos. Toda criação formal é efêmera, mas em essência contém o eterno. Assim, há um delicado equilíbrio a ser encontrado pelo homem no seu relacionamento com o mundo material: moldar a vida segundo a idéia divina, sem contudo se prender à temporalidade, sem se deixar iludir pela forma.

Extraído do livro “A Cura da Humanidade” – Trigueirinho
Editora Pensamento
Pág. 61

2017-09-14T17:32:26+00:00