Trigueirinho
videos
 
Para aquisição via internet: www.irdin.org.br

Texto

A chave para a iluminação

A chave para a iluminação do homem está no relacionamento entre os três níveis* de manifestação da vida em cada ciclo. Todavia, não é suficiente ter conhecimento da existência dessa triplicidade para que lhe sejam concedidos a sabedoria e o poder de exprimir a lei, pois esse poder e essa sabedoria advêm do contato com seu núcleo que está além dessa manifestação tríplice e é dela raiz.

Há um princípio que une as partículas materiais e a vida intangível. Esse princípio, que permite a coexistência dos mundos, deve ser encontrado pelo homem para que, conhecendo-o, possa colaborar inteligentemente na grande obra da Criação. É importante, pois, que um fervor inextinguível mova o ser a buscá-lo. Cada superação prepara-o para viver provas mais sutis.

A dor de estar imerso na ignorância tem de chegar a limites insuportáveis, a fim de que ele se esqueça de tudo o que concerne a si mesmo e se transforme em um canal para a libertação dos demais. Tendo atingido patamares mais elevados, inúmeras vezes terá de auxiliar os que estão aprisionados na forma, iludidos por movimentos fugazes.

Aquele que verdadeiramente serve ao propósito evolutivo aprofunda sua energia na sublimidade do cosmos, da inteligência e da matéria, pondo em foco a harmonia dos três mundos. Nesse trabalho, a afinação da consciência deve ser acompanhada do fortalecimento e da elevação vibratória dos corpos e, de modo especial, é preciso agir desapaixonadamente, sem envolvimentos com o que ocorre nos níveis concretos. É preciso também aprender a espontaneidade da Natureza, em que a morte, a vida e as transformações são fatos comuns.

*São eles: forma, consciência e essência.

Extraído do livro “Novos Oráculos” – Trigueirinho
Editora Pensamento
Págs. 106 e 107

Ir para o topo