Trigueirinho
videos
 
Para aquisição via internet: www.irdin.org.br

Texto

A mente e o trabalho evolutivo

A mente comum não tem acesso à vida interna. O mental coletivo da humanidade é hoje um campo de atrito e de conflito, onde as forças involutivas estão soltas. A Hierarquia não pode descer a esse nível, pois a desarmonia dele é tão grande que sua luz o desintegraria.

Para que nossa mente possa apoiar o trabalho evolutivo é preciso cuidar dela. Caso contrário, haverá permanente cisão entre a mente que se rebelou, não compreendeu, não concordou e resolveu agir por conta própria, e a Hierarquia, que trabalha nos níveis supramentais.

Uma forma de incluir a mente no processo de elevação espiritual que o coração já experimenta é o estudo de assuntos sagrados. Ler o ensinamento espiritual e refletir sobre ele, sistematizar o conhecimento transmitido pela Hierarquia, relacionar os conceitos de várias escolas de pensamento espiritual, identificando o que elas têm de comum e de mais elevado, são práticas que podem auxiliar a mente a não se desviar do caminho e a não se tornar obstáculo para o crescimento espiritual.

Outra possibilidade de trabalho mental é a constante lembrança do Eu Espiritual que vive em nosso interior. Se durante o dia, ao executarmos as tarefas concretas, nos lembramos e reverenciamos nosso Eu Espiritual, começamos a estabelecer uma conexão com ele e nos abrimos para contatos ainda mais elevados.

Podemos também nos lembrar com frequência da Hierarquia interna da Terra e pensar que fará um trabalho sobre nós. A fim de manter a mente ocupada com esse assunto, podemos, entre outras coisas, ler sobre ele, ouvir palestras a respeito, orar, refletir sobre as qualidades de determinada Hierarquia que nos inspire devoção.

Extraído do livro “Trabalho Espiritual com a Mente.” – Trigueirinho
Editora Pensamento
Págs. 55 a 57

Ir para o topo