Trigueirinho
videos
 
Para aquisição via internet: www.irdin.org.br

Texto

Época de extremos

Os dias atuais são caracterizados pelo vaivém de contrastes e violências. Estamos na época dos extremos, dos descobrimentos a serviço do poderio e do extermínio. Armas atômicas, bacteriológicas e químicas são mantidas pelos homens, ao mesmo tempo que surgem no firmamento luzes tripuladas trazendo-lhes mensagens cósmicas.

Quando um indivíduo deixa de limitar-se às manifestações externas dessas mensagens, descartando também o interesse espúrio pela fenomenologia que porventura as acompanhe, o lado oculto das realidades adquire planos imediatamente perceptíveis, desenvolvendo-se então nele a capacidade de contatá-las. Ele fica assim diante de uma ciência que, apesar de exata, tem inúmeras variantes e está sempre em evolução. Mantendo uma sintonia mental interna e exteriormente estável em uma meta, permite que seja despertada em si mesmo a possibilidade de fluência ininterrupta de conhecimento.

No conhecimento que hoje chega até a humanidade, determina-se a natureza de uma realidade que não pode mais ser negada, pois as evidências dela surgem em nossos céus, dando mais luz ao renascer e trazendo nova linguagem e novas dádivas das Hierarquias cósmicas. Os humanos buscam projetar-se na direção de outros planetas a fim de conquistá-los, enquanto vidas e civilizações superiores já estão aqui, visíveis e próximas. Elas se movem em mundos diferentes do deles, isto é, em planos organizados de outro modo e guiados pelo Amor

Extraído do livro “MIZ TLI TAN – Um Mundo que Desperta” - Trigueirinho
Editora Pensamento
Págs. 103 a 104

Extraído do boletim Sinais de Figueira, de Trigueirinho

Irdin Editora

www.irdin.org.br

www.vigiliapermanente.org

Ir para o topo