Trigueirinho
videos
 
Para aquisição via internet: www.irdin.org.br

Texto

Forças involutivas

Os fortes acossamentos que rugem sobre estas terras, os embates surgidos entre nações irmãs, entre pais e filhos, entre amigos, demonstram que as forças involutivas estão livres sobre a superfície do planeta. Lutas sempre houve, mas não com a gravidade ora decorrente dos embates e confrontos dos homens entre si. Forças destrutivas estenderam-se por toda parte, chegando aos lares, às escolas e às artes. Como vedes, tanto na música como na pintura a expressão carece de harmonia e beleza, diferente de ontem, quando homens inspirados tocavam telas e cordas.

Hoje a raça encontra-se presa ao desequilíbrio trazido pelas forças involutivas, e elas causam essa confusão maior para conseguir poderio e domínio. Porém, aqueles que buscam a Luz, aqueles que, desejosos, estão à espera da Energia, ainda que por momentos possam ver-se envoltos em crises emocionais, não perdem o controle. Muitos homens de hoje não se dominam e vivem na dependência de fortes medicamentos, sem com isso lograrem o abrandamento da sua crise – remédios não combatem a verdadeira causa do problema.

As forças involutivas têm até tomado corpos físicos, mas só as reconhecerão como tais os que pela Luz estiverem caminhando. Aqueles que se sentem perdidos e perturbados as louvarão, confundindo-se. Por isso deveis orar muito. Permanecer em vigília e reconhecer quem vem buscar-vos. A LEI também tomará corpo físico e a reconhecereis pela sua própria Luz.

Guardai-vos de serdes tentados em vossas debilidades, pois ali estarão as forças que buscam afastar-vos do caminho eleito.

Extraído do livro “Novos Sinais de Contato” - Trigueirinho
Editora Pensamento
Págs. 125 a 126

Extraído do boletim Sinais de Figueira, de Trigueirinho

Irdin Editora

www.irdin.org.br

www.vigiliapermanente.org

Ir para o topo