Trigueirinho
videos
 
Para aquisição via internet: www.irdin.org.br

Texto

O estudante e a oração

Certa vez um estudante, movido por um impulso que não lhe deixava outra escolha senão obedecer, manteve-se por um período em permanente estado de oração. Várias vezes durante o dia emergia espontaneamente do seu interior a necessidade de sentar-se em quietude e ofertar-se às energias condutoras do despertar planetário.

Por um motivo desconhecido, nesses momentos de oração impessoal surgia em seu interior uma coligação com os que sofrem. Esse estudante acolhia a dor desses seres como sua, tendo presente que, quando se é tocado pela Luz, ela revela que tudo é passageiro.

Até que esse processo de oração se firmasse, não lhe era interiormente consentido falar disso com ninguém, mesmo porque ele não tinha plena consciência do que estava ocorrendo. Em cada instante em que podia desligar-se das atividades externas, brotavam-lhe aquelas orações; percebia que não lhes deveria criar nenhum obstáculo. Parecia-lhe importante estar simplesmente inteiro naquela atitude de entrega e de serviço.

Em meio à situação planetária atual, já bastante crítica, os aspirantes a uma vida superior, desejosos por servir, deparam-se com a própria limitação; têm de encarar sua incapacidade humana, para depois reconhecer a condução divina e entregar-se totalmente a ela.

Na verdade, nenhum ser tem condições de chegar à Luz e ao serviço pelo que dispõe como homem. Ao empreender essa busca deverá reiteradamente confirmar sua fé e confiança unicamante em Deus. São Francisco de Assis, diante do jogo de forças negativas que emergia na Ordem religiosa por ele formada, repetia uma frase do profeta Jeremias que diz ser maldito aquele que no homem põe sua fé.

A maioria dos seres humanos tem ainda fortes laços com a matéria e consequentemente com o mal; porém, uma única gota de Vida verdadeira que caia no árido terreno da existência terrestre pode atuar profundamente tornando mais próximo o tempo em que esse terreno se transformará em solo fértil aos impulsos criativos do espírito.

Extraído do livro “A Criação (nos caminhos da energia)” - Trigueirinho
Editora Pensamento
Págs. 63 a 64

Extraído do boletim Sinais de Figueira, de Trigueirinho

Irdin Editora

www.irdin.org.br

www.vigiliapermanente.org

Ir para o topo